sábado, fevereiro 10, 2007

Idiotice Superior


Faz um tempo eu publiquei um post sobre um artigo em que o autor dizia que a Universidade de Chicago é um tanto chata por ter muito mais livrarias que bares em seu entorno e comentei que chata é São Paulo, que quase não tem livrarias.
Hoje, o Reinaldo Azevedo fez uma indicação de um vídeo no YouTube, esse mesmo aí de cima, que retrata um conflito em torno de uma greve dos funcionários da USP em 2005, envolvendo trio-elétrico, mentiras, agressões e o escambau.
Eu imagino o que o autor do artigo a que eu me referi no outro post acharia desse tipo de coisa.
O vídeo tem 17 minutos, então deixe carregando, abra outra janela no navegador e depois volte para se perguntar:
Essa gente não tem mais o que fazer? Tanto os funcionários como os alunos, todos os envolvidos, enfim?
Não à toa, um professor da USP uma vez me desencorajou de estudar lá.
Lá ninguém estuda, disse ele. Só se faz bagunça e besteiras desse tipo.
Ele mesmo, quando decidiu fazer outra graduação ( é médico e foi fazer um curso de Humanas ) resolveu ir estudar na PUC.
Vendo esse vídeo entende-se o porquê.

7 Comments:

Anonymous Amigo de Montaigne said...

Pois é, Primavera. Esse é o Brasil universitário, aquele que perfaz 1% da pirâmide. O vídeo é aborrecedor, um "bigbrother" ainda mais infame. Mas tenho de discordar do professor que o desencorajou de estudar na USP. Por mais problemas que ela possua - e possui - ainda é superior às demais universidades de uma maneira geral. Em relação à imaturidade dos estudantes, isso é universal e democrático: vai da USP a UNINOVE. Mas os da USP podem melhorar...
Abraço.

11 fevereiro, 2007 22:52  
Blogger Primavera Negra said...

Não sei, não, Amigo...
A USP tem é muito nome, domina o setor de pesquisas, tem muita penetração midiática, etc.
Mas não acho que seja muito superior às outras universidades.
Esse professor, p. ex., estuda Filosofia na PUC, que é bem melhor que a USP.
Um curso de 4 anos na USP às vezes acaba durando 6 por causa de greves e outras palhaçadas.
No fim das contas, acho que não vale a pena se matar pro vestibular e cair no meio da baderna.

12 fevereiro, 2007 00:40  
Anonymous Amigo de Montaigne said...

Primavera, não quero polemizar muito. Como eu escrevi, "de uma maneira geral". É claro que existem exceções, que podem ser contadas no dedo de uma única mão. Em relação ao curso de filosofia da FFLCH, talvez vc tenha razão. Mas vc não seria capaz de citar muitos outros. Talvez direito, se considerarmos a PUC. As demais universidades, posso te garantir, são uma grande falácia, uma enganação desmedida. E a tendência é piorar. Conheço muito bem as universidades brasileiras por contingência de minha profissão. E, volto a repetir, a tendência é piorar. Por ora, a USP, de maneira geral, ainda é a melhor. Abraço.

12 fevereiro, 2007 15:50  
Blogger Primavera Negra said...

Também não quero polemizar, não, Amigo.
Eu confio no que você diz.
Mas é que o que a gente vê de professores da USP falando besteira na mídia é uma grandeza.
Não é um exagero dizer que fora a USP as universidades são enganações?
Pô, tem a PUC, o Mackenzie, Unicamp, Unesp, Anhembi-Morumbi, FAAP, e até algumas menos cotadas como a São Judas parecem ter um ou outro curso bem feito.
Mas no geral não te tiro a razão: a verdade é que o nível geral é que é baixo, mesmo, não?
P.S. - e o blog???

13 fevereiro, 2007 14:40  
Anonymous Amigo de Montaigne said...

Primavera, sem dúvida nehuma há bons cursos em outras universidades, mas isso é a exceção e não a regra. Quanto ao blog, até o Carnaval decidirei. Um abraço!

14 fevereiro, 2007 17:35  
Anonymous Amigo de Montaigne said...

Adendo. UNESP e UNICAMP também são por mim incluídas no mesmo nível da USP, pelo menos.

14 fevereiro, 2007 17:38  
Blogger Primavera Negra said...

OK, Amigo!
Tá "se guardando pra quando o Carnaval chegar"?
Abraço!

15 fevereiro, 2007 09:17  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home