sábado, agosto 26, 2006

Mocinho e Bandido

Comentei, em dois textos anteriores, a manipulação de imagens e notícias na cobertura internacional da recente guerra, temporariamente interrompida, entre Israel e o Hezbollah. Foram encontradas diversas provas de que fotografias e mesmo notícias estão sendo falseadas para se conseguir um maior impacto junto ao público, como se as atrocidades já não fossem bastante eloqüentes por si mesmas.
Uma fonte muito boa de reflexão sobre o tema é o texto de Brendan O´Neill, publicado na Spiked! nessa sexta-feira ( Stop Mothering The Middle-East ), em que ele não só comenta esse fenômeno, como aponta sua expansão, com graves implicações e contextualiza o descaminho que vem tomando conta da cobertura feita pela imprensa ocidental dos temas relacionados ao oriente médio.
Com uma argumentação bem-construída e vários exemplos, ele aponta como e porque a cobertura internacional vem dando preferência às imagens, testemunhos e até mesmo ao enfoque infantil de questões de estado e segurança. O´Neill faz ver todo o despropósito de se infantilizar o oriente médio e o quão grave e arrogante ( para não mencionar a contraproducência ) pode ser a deslegitimação da voz adulta e racional no debate envolvendo uma região conflagrada e importante do planeta.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home